segunda-feira, 25 de julho de 2016

O que é fisioterapia preventiva?

Atualmente a rotina está cada vez mais corrida e exigindo mais atenção e ações que unidas geram muito estresse. Preocupar-se com alimentação, moradia, transporte, contas e outros fatores acabam fazendo com que a saúde fique um pouco de lado.Existem diversas campanhas alertando quanto aos perigos envolvendo o estresse. Diversas doenças psíquicas e osteomusculares são comuns em pessoas que sofrem com estresse. Levando para o ambiente de trabalho, onde há exigência de um ritmo excessivo, posturas inadequadas e movimentos repetitivos, a chance de aumentar a tensão e estresse é altíssima.Todas as situações citadas anteriormente têm provocado um alto número de pessoas precisando de fisioterapias e outros tratamentos. Neste artigo vamos falar sobre a fisioterapia preventiva, quais são os seus fundamentos e aplicações? A fisioterapia preventiva tem papel muito importante para a saúde do trabalhador e cada dia mais tem se utilizado a fisioterapia preventiva também como aliada no esporte. Dentro da ampla área da fisioterapia existem diversas subdivisões, a fisioterapia preventiva é uma delas. Diversos estudos vêm comprovando a eficiência da fisioterapia preventiva na redução do índice de afastamento do trabalho e consequentemente, reduzindo o número de cirurgias. A fisioterapia preventiva também está sendo muito utilizada entre os atletas para prevenir lesões, mas ela se aplica a todos, desde crianças até os idosos. A Fisioterapia Preventiva é composta de exercícios de alongamento, relaxamento e exercícios respiratórios, eles devem ser praticados todos os dias. Estes exercícios visam relaxar a musculatura, aumentar a flexibilidade e aumentar a disposição ao longo do dia. A maioria das empresas atualmente conta com um programa de fisioterapia preventiva, em alguns lugares é conhecida como ginástica laboral. Todos os dias em algum momento, o turno de trabalho é interrompido para que os funcionários realizem os exercícios propostos. Existem diversos exercícios e atividades que compõem a fisioterapia preventiva, cada conjunto é estudado e direcionado para compensar o estresse desempenhado na sua função, ou seja, não adianta você fazer a atividade que não foi direcionada a você. É importante frisar que alongamentos podem parecer exercícios simples, mas se realizados de forma incorreta, podem causar lesões gravíssimas. Desta forma a fisioterapia preventiva deve ser prescrita por um profissional capacitado e após uma avaliação completa das suas atividades diárias. O envelhecimento quase sempre vem acompanhado de problemas de saúde e/ou físicos. Os idosos passam a ter ossos, tendões e músculos cada vez mais fracos, além de doenças que podem impossibilitar a pratica de exercícios físicos. Mesmo assim o idoso não pode ficar parado e neste caso a fisioterapia preventiva é um aliado fantástico para evitar problemas ou reabilitar o corpo do idoso. Ela é capaz de reduzir o risco de complicações ou sequelas após quedas ou até um AVC, por exemplo. Os benefícios da fisioterapia preventiva são fantásticos tanto para idosos quanto para crianças, jovens e adultos. Os diversos exercícios de alongamento combinados com respiratórios são excelentes. A fisioterapia preventiva consegue combater doenças como: hipertensão, diabetes, osteoporose, tendinite, doenças cardíacas, artrose, hérnia de disco e bursite. Ajuda a melhorar a flexibilidade, o equilíbrio, a coordenação, a concentração e a postura. Pessoas que sofrem de insônia, ansiedade, depressão, dores nas articulações e músculos também podem obter melhoria através da fisioterapia preventiva. A fisioterapia preventiva não tem contra indicações, mas deve ser orientada e acompanhada por um profissional capacitado. Assim como a consulta médica é indispensável.

Nenhum comentário: