terça-feira, 14 de junho de 2011

Cuide bem do seu intestino.


Quando o assunto é prisão de ventre, algumas sensações, como dor, angústia e vergonha, costumam deixar qualquer pessoa desconfortável. Em muitos locais, frequentar toaletes não é uma sensação muito agradável, mas deixar de ir é pior ainda. Até mesmo explicar os detalhes do problema para o médico, às vezes é constrangedor. Esse "delicado" desconforto também é conhecido por constipação intestinal, intestino preguiçoso ou intestino preso. Nomes diferentes para um problema que atinge entre 15% a 30% da população mundial, de acordo com a região geográfica e a faixa etária. Segundo a Organização Mundial de Gastroenterologia, em média, 20% da população mundial sofre de problemas intestinais. Desse número de pessoas, cerca de 90% não procuram um médico que os auxiliem a solucionar o problema e acabam recorrendo a automedicação. Sem contar aquelas que nada fazem para resolver de vez o desconforto. Conforme os especialistas, uma opção é pior do que a outra. Os incômodos de pessoas que sofrem de constipação intestinal são inúmeros, desconforto intestinal, dores e inchaços abdominais, prisão de ventre, diarréia, entre outros. A principal recomendação dos médicos é: notando algum distúrbio intestinal, o correto é procurar um especialista o quanto antes, para que o problema seja controlado e não afete ainda mais sua saúde. Com o intuito de mudar o dia a dia das pessoas que convivem com esse problema diariamente é que a partir desse ano teve início a campanha para o Dia Mundial da Saúde Digestiva (29 de maio). Pois, quem vive com essa doença sabe que não tem cura, mas sim existem métodos para que os sintomas sejam controlados. A campanha tem como principal foco incentivar as pessoas que sofrem com a doença a procurar ajuda médica. Pois, somente com a ajuda de especialistas se chega ao diagnóstico e ao tratamento correto.

Nenhum comentário: