sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O nervo ciático está incomodando?


A dor ciática corresponde a uma dor persistente percebida ao longo do nervo ciático, que se inicia na região lombar, percorrendo as nádegas e vai até a parte posterior da coxa e perna. Este é o nervo mais longo do corpo. A dor aparece quando este nervo está irritado através de uma inflamação, por uma compressão externa decorrente de uma artrose ou pelo deslocamento do disco intervertebral na coluna lombar. A dor geralmente é sentida como um entorpecimento, uma pontada ou uma queimação. Às vezes, começa gradualmente, piora durante a noite, e é agravada pelos movimentos. Pode causar formigamento, parestesias ou fraqueza nos músculos do membro afetado. O diagnóstico é baseado principalmente nos sintomas, embora um exame físico seja importante para procurar evidências de lesões do nervo ou outra explicação para os sintomas. Porém, um exame físico normal é comum em pessoas com dor ciática. Embora os testes possam ser importantes em alguns casos, o diagnóstico pode ser feito até mesmo quando os resultados forem normais, através de exames de imagem como Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética. Uma vez que a dor tenha melhorado, existem exercícios, alongamentos e outras medidas que podem impedí-la de retornar. Um fisioterapeuta poderá desenvolver um programa completo e personalizado, baseado na boa postura, prática de atividade física moderada, normalização de tônus muscular, orientações sobre a realização de atividades da vida diária e repouso relativo. A vasta maioria dos casos de dor ciática pode ser controlada com cuidados simples em casa. Para a maioria das pessoas, as medidas preventivas básicas são bastantes para impedir que a dor ciática volte e se torne crônica ou periódica. Um sub-conjunto relativamente pequeno de pessoas com dor ciática requer cirurgia, eventualmente aqueles com sintomas severos ou persistentes causados por um disco herniado.

Nenhum comentário: