quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Coluna e Esportes.

Ginástica, body jump, halterofilismo, musculação, corrida e uma série de esportes, inclusive os radicais, são o que a maioria das pessoas está praticando, seja por vício ou pelo próprio benefício que a prática esportiva pode trazer para a sua saúde. E a sua coluna, como vai? Na maioria das vezes, muito mal. O culto ao corpo ou o aperfeiçoamento de um determinado tipo de esporte pode causar danos a ela. A coluna se divide didaticamente em cinco regiões; cervical com sete vértebras, torácica com doze, lombar com cinco e sacro-cócix, que no adulto estão fundidas formando uma peça única; sendo que a coluna cervical e a lombar são as que mais são lesadas em atividades esportivas. Cada região tem características anatômicas completamente diferentes das outras, assim como os sinais e sintomas das lesões nessas regiões. Esportes como o automobilismo, kart, body jump, hapel, raffting, hipismo e ginástica olímpica, nos quais, os atletas sofrem constantemente aceleração e desaceleração em alta velocidade e esportes mais radicais como esqui, skate, motocross e ciclismo, provocam impacto direto da cabeça podendo levar, além das lesões, a fratura na coluna cervical. Outra conseqüência comum de agressão à coluna é a lesão dos discos cervicais. Eles são os amortecedores situados entre as vértebras e próximos as raízes nervosas. Outro segmento também bastante lesado na prática de vários esportes e, em especial, aqueles ligados ao peso, como halterofilismo, fisiculturismo e os com impacto axial repetitivo, como o vôlei, basquete e pára-quedismo é a coluna lombar que pode sofrer fraturas por fadiga. Elas ocorrem principalmente entre quarta e quinta vértebras e a primeira vértebra sacral, levando as chamadas espondilólises e espondilolisteses (escorregamento de uma vértebra sobre a outra). As lombalgias mais simples são provocadas por distensão na musculatura e ligamentos lombares, principalmente se o esforço é muito grande, e se o atleta não estiver devidamente condicionado e alongado. As hérnias de disco são mais comuns entre a quarta e quinta vértebra lombar e a quinta lombar e primeira sacral. Em todos os casos de lesões provocadas por modalidades esportivas prevenir é essencial e, antes de iniciar a prática de qualquer atividade, as pessoas devem passar por uma avaliação, com o objetivo de conhecer melhor sobre os impactos da prática esportiva sobre o corpo humano.

Nenhum comentário: