segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Consumo de grãos previne e trata o diabetes.

O consumo regular de grãos integrais reduz de 20% a 40% as chances de desenvolver o diabetes tipo 2, que tem causas relacionadas à má alimentação e à obesidade. Os grãos contêm fibras e magnésio, e seu consumo ajuda a controlar a glicemia de diabéticos tipo 2, inclusive permitindo a redução da quantidade de medicamentos necessários ao tratamento. O tipo 2 do diabetes, influenciado pela alimentação e pela obesidade, se desenvolve ao longo do tempo e infelizmente, vem se tornando uma epidemia global, mas o consumo regular de grãos integrais pode ajudar a prevení-lo. A doença não surge da noite para o dia. Antes de aparecer, quase sempre as pessoas desenvolvem o "pré-diabetes" ou "intolerância glicêmica" - quadro em que o corpo se torna pouco capaz de absorver os carboidratos ingeridos (especialmente os açúcares simples) e desenvolve resistência à insulina. Essas anormalidades acabam levando ao desenvolvimento do diabetes tipo 2. O consumo de grãos integrais pode interferir tanto na intolerância glicêmica quanto na resistência à insulina e desempenhar um papel importante no tratamento e na prevenção do diabetes. A relação entre as fibras presentes nos grãos integrais e o controle da glicemia não é um conceito novo. Em um artigo datado de 1979, James Anderson descreveu a importância das fibras para o organismo. Desde então, centenas de pesquisas examinaram outras hipóteses da fibra e comprovaram diversos benefícios que antes eram apenas hipotéticos. O mecanismo exato de como essas fibras afetam o corpo ainda está em estudo, porém os grãos ricos em fibras solúveis, como aveia, centeio e cevada, mostraram-se mais eficientes no aumento da sensibilidade à insulina do que aqueles ricos em fibras insolúveis, como trigo integral. Outros grãos, como milho e arroz branco, não exerceram impacto relevante na sensibilização à insulina. Além de ricos em fibras, os grãos integrais são uma fonte excelente de magnésio. Acredita-se que esse mineral seja fundamental para a prevenção e o tratamento do diabetes tipo 2. Portanto, ainda não se sabe se é a fibra ou o magnésio o fator positivo contra a doença. O mais provável é que seja uma combinação de ambos. Entretanto, podemos simplesmente usufruir dos grãos integrais, cujos efeitos estão comprovados.

Nenhum comentário: